Cncer de Mama

segunda-feira, 2 de novembro de 2020

Cncer de Mama

Histricofamiliar

H algunscritrios para identificar mulheres com risco gentico aumentado de desenvolveremum cncer de mama:

02 ou maisparentes de primeiro grau com cncer de mama

01 parentede primeiro grau e 02 ou mais parentes de segundo ou terceiro grau com a doena

02 parentesde primeiro grau com cncer de mama, um deles antes dos 45 anos

01 parentede primeiro grau com cncer de mama bilateral

01 parentede primeiro grau com cncer de mama e um ou mais parentes com cncer de ovrio

01 parentede segundo ou terceiro grau com cncer de mama e dois ou mais com cncer deovrio

03 ou maisparentes de segundo ou terceiro grau com cncer de mama

02 parentesde segundo ou terceiro grau com cncer de mama e um ou mais com cncer deovrio.

Idade

As mulheresentre 40 e 69 anos so as principais vtimas de cncer de mama. Isso porque otempo de exposio ao hormnio estrgeno j ocorreu por dcadas e atinge o seumximo. A partir dos 50 anos, particularmente, os riscos entram em uma curvaascendente.

Menstruaoprecoce e menopausa tardia

A relaoentre menstruao e cncer de mama est no fato de que no incio desseperodo que o corpo da mulher passa a produzir quantidades maiores do hormnioestrgeno. Esse hormnio em quantidades elevadas facilita a proliferaodesordenada de clulas mamrias, podendo resultar na formao um tumor emalgumas mulheres mais suscetveis. Quanto mais intensa e duradoura a ao dohormnio nas clulas mamrias, maior a chance. Se a primeira menstruao ocorrepor volta dos 9 ou 10 anos de idade, porque os ovrios intensificaram aproduo do hormnio cedo e, assim, o organismo ficar exposto ao estrgeno pormais tempo no decorrer da vida da mulher.

A menopausatardia segue a mesma lgica, pois enquanto a menstruao no cessa, os ovrioscontinuam a produzir o estrgeno, deixando as glndulas mamrias mais expostasao crescimento celular desordenado nas mulheres com maior risco.

Reposiohormonal

Muitasmulheres procuram a reposio hormonal para diminuir os sintomas da menopausa.Mas essa reposio – principalmente de esterides, como estrgeno eprogesterona – pode aumentar as chances de cncer de mama. Namenopausa, os tecidos ficam ainda mais sensveis ao do estrgeno, j que osnveis desse hormnio esto baixos devido ausncia de sua produo peloovrio. Como alternativa reposio hormonal, indicada a prtica deexerccios fsicos e uma dieta balanceada.

Colesterolalto

O colesterol a gordura que serve de matria prima para a fabricao do estrgeno. Dessaforma, mulheres que altos nveis de colesterol tendem a produzir esse hormnioem maior quantidade, aumentando o risco de cncer de mama.

Obesidade

O excesso depeso um fator de risco para o cncer de mama principalmente aps a menopausa.Isso porque a partir dessa idade o tecido gorduroso passa a atuar como uma novafbrica de hormnios. Sob a ao de enzimas, a gordura armazenada nas mamas,por exemplo, convertida em estrgeno. O alerta mais srio para aquelas queapresentam um ndice de massa corporal (IMC) igual ou superior a 30. A reduode apenas 5% do peso j cortaria quase pela metade os riscos de desenvolver osprincipais tipos de cncer de mama.

Ausncia degravidez

Mulheres quenunca tiveram filhos tm maior chance de desenvolver cncer de mama devido ausncia de amamentao. Quando a mulher amamenta, ela estimula as glndulasmamrias e diminui a quantidade de hormnios, como o estrgeno, em sua correntesangunea.

Leses derisco

J terapresentado algum tipo de alterao na mama no relacionada ao cncer de mamatambm pode aumentar as chances do surgimento de tumores. Dessa forma, pequenoscistos ou calcificaes encontrados na mama, ainda que benignos, devem seracompanhados com ateno.

Histrico decncer de mama

Pacientesque j tiveram cncer de mama tm mais chances de apresentar outro tumor. Nessecaso, o cncer de mama chamado de reincidente e, se ocorrer na mesma mama,diz-se que apresentou uma recidiva.

Qual aporcentagem de cnceres de mama que acontecem por conta da mutao gentica?

A populaogeral tem cerca de 10 a 12% de riscos de desenvolver a doena. De acordo com aSociedade Brasileira de Mastologia, a presena da mutao entre os casos decncer de mama gira em torno de 5 a 10%, sendo que 5% de todos os cnceres demama so em mulheres que apresentam a mutao gentica BRCA-1 ou 2. Por isso, amaneira mais segura de prevenir realizar anualmente a mamografia e visitarregularmente o Mastologista, seguindo as suas orientaes.

Uma pessoaque tem risco comprovado para cncer de mama pode fazer uma mastectomiapreventiva?

Mulheres comalto risco para cncer de mama pode, sim, optar por fazer a mastectomiapreventiva. A mastectomia preventiva mamria consiste na retirada da regiointerna da mama ou seja, da glndula mamria juntamente com os ductosmamrios que so os locais onde podem acontecer a formao de um tumor. Comeste procedimento os riscos de cncer reduzem em at 90% nestas mulheres. Pormainda persiste 10% de chance devido preservao de parte do tecido mamrio,arola e mamilo. Na cirurgia deve-se remover ambas as mamas, da a denominaode dupla mastectomia preventiva.

Existemtambm tratamentos que usam os chamados anti-hormnios ou moduladoreshormonais, que inibem a produo de estrgeno e impedem as clulas da mama dese multiplicarem. Esse tratamento, no entanto, recomendado apenas paracnceres de mama hormonais ou seja, que acontecem ou podem acontecer emdecorrncia de alteraes hormonais no sendo indicado para pessoas que tem orisco gentico, por exemplo.

Parapacientes com risco gentico, uma alternativa redobrar a ateno eacompanhamento das mamas, com exames de rastreamento, como a ultrassonografiamamria e a mamografia digital, em intervalos de tempo mais curtos, a cada 06meses, por exemplo, dependendo do que o seu mdico considerar mais seguro. Oobjetivo nesse caso identificar o cncer numa fase precoce e realizar otratamento de cura a partir desse diagnstico inicial.

REFERNCIAS:

Ministrio da Sade
Sociedade Brasileira de Mastologia
Sociedade Brasileira de Oncologia

Confira outros informativos

Cncer de Pncreas
Continue Lendo...
Cncer de Pele
Continue Lendo...
Cncer de Estmago
Continue Lendo...